quarta-feira, 7 de abril de 2010

De decoradora e louca toda mulher tem um pouco! Será????

***
Há alguns dias que quero postar uma novidade aqui no blog, mas sempre me esqueço. Descobri por acaso que tenho jeito para decoração, designer de ambientes... estas coisas, estou até querendo fazer um curso. Sempre gostei destas coisas de casa, é verdade. Já tinha até me arriscado em algumas coisas para uso próprio.

Há 5 meses minha amiga Carolina Novaes descobriu que estava grávida. E um dia conversando eu disse que a ajudaria a fazer o quarto do bebê.

Por coincidência, há uns 2 meses estava na fila da loja americana, e na espera peguei uma revista de decoração de casas e junto tinha uma revista de brinde, aqueles kits leve 2 pague 1, mas não dava pra ver qual era a revista brinde porque estava embrulhada de costas, quando cheguei em casa e abri era uma revista de quartos de bebê. Meus pais e minhas irmãs até ficaram rindo dizendo que eu tava grávida e não queria contar. Mas o legal foi que tive várias idéias para o quarto do bebê através desta revista.

Então no início de março/10 fui com a Carol á Feira de Bebê no Minascentro para comprar os móveis do quarto e nessa data ainda não sabíamos o sexo do bebê, nesta feira vimos um stand com enfeites de selva, e tanto eu quanto a Carol achamos lindo e nesse dia o tema escolhido para o quarto, se fosse menino, seria A Selva.

A inspiração foi essa foto - A Selva

Há uns 15 dias a Carol soube que seria um menino, e desde então estamos planejando o quarto do RAUL. O que posso adiantar pra vocês é que estou adorando esta experiência e o quarto vai ficar MARAVILHOSO. É tanta coisa que a gente não imagina quando vê um quarto pronto e lindo.

O PROJETO
Cada detalhe tem que ser pensado, não pode ser de qualquer jeito. Tem que escolher: o tema, as cores base do projeto, se as paredes terão 2 cores ou apenas 1, se usa papel de parede ou não, medir todas as paredes e os móveis, desenhar a planta, ver a distribuição dos móveis no espaço, o que vai ter de objeto decorativo, a cor da cortina, o tecido da cortina, a cor da poltrona, os enfeites de parede, ufa.... e ainda tem um monte de coisa pra olhar!

Depois de definirmos tudo isso, chegamos neste cronograma:


Quando o quarto ficar pronto, lá pelo final de junho eu posto as fotos aqui do nosso trabalho. Até lá vou postar algumas coisas pra deixar a curiosidade aguçada!

Modestamente, o quarto do Raul vai ficar lindão. E vai ser feito com muito carinho e amor!

Beijo, beijo!
***

3 comentários:

Camila disse...

Mini, minha única recomendação como mãe é que vc escolha tudo bem básico e altamente lavável.
Não coloque pelúcias, cortinas, acortinados, protetores de berço, nada disso antes dos 3 meses de idade do bebê. Primeiro porque não precisa. Antes dessa idade o bebê não vai se virar no berço a ponto de precisar de protetor para não se machucar. E segundo porque pode trazer alergias severas na criança. Eu ignorei essas regrinhas de ouro e sofro com o Ian até hoje. Beijo...

Mini disse...

Como o tema é selva algumas coisas são inevitáveis, como alguns bichos. E outras coisas também não dá pra não ter como cortina e protetor de berço pra compor o quarto. Mas uma das preocupações é que fosse tudo anti alérgico e lavável (não compramos nada da feira hippie por exemplo). Tudo de ótimas procedências e garantia (é preço alto tbm). Cortinado realmente achamos desnecessário e fomos desaconselhadas de comprar assim como tapetes. Mas obrigada pelas dicas, muito bem vindas. Bjs!

Analice disse...

Mini, que lindo e especial seu carinho e cuidado com a Carol e o Raul. Obrigada!!!